A PagSeguro precisa parar de apoiar Olavo de Carvalho e seu discurso de ódio!
Pressione o CPP Investiments, acionista da PagSeguro, a retirar seu R$1,5 bilhão da empresa se a conta do Olavo não for bloqueada imediatamente.




Olavo de Carvalho usa a PagSeguro como meio de pagamento para financiar discurso de ódio e fake news, violando regras estipuladas pela própria empresa, mas a PagSeguro ainda se recusa a suspender sua conta. Isso não pode continuar!

O Sleeping Giants Brasil vem alertando a PagSeguro desde junho a respeito dos abusos cometidos por Olavo de Carvalho, sem receber uma resposta adequada. São muitos os conteúdos preconceituosos, ofensivos e mentirosos produzidos pelo "guru" Olavo, que usa os serviços da empresa para vender seus cursos. Apesar desses tipos de conteúdo irem contra os termos de uso definidos pela própria PagSeguro, a empresa insiste em fazer vista grossa, e continua a apoiar o extremista que já foi condenado pela Justiça por sua conduta inaceitável.

Outras empresas já agiram: a concorrente PayPal bloqueou Olavo há mais de dois meses, por exemplo. Mas apesar da PagSeguro ainda ignorar o grave problema, ela depende de terceiros para manter suas atividades, e um deles é o fundo CPP Investments - que tem investimentos de R$1,5 bilhão na empresa.

Se a PagSeguro não age por conta própria, precisamos dar um empurrãozinho: pressione o CPP Investments a retirar seus investimentos de R$1,5 bilhão na PagSeguro caso a conta de Olavo de Carvalho não seja bloqueada imediatamente!

VÍDEO DA
CAMPANHA
# BLOQUEIA
PAGSEGURO

CARTA AO CPPI

Leia a carta enviada pelo Sleeping Giants Brasil ao CPP Investments, explicando o caso em detalhes e apresentando como Olavo de Carvalho quebra regras estipuladas pela própria PagSeguro para lucrar com discurso de ódio e desinformação: em português e em inglês.






QUEM SOMOS

O Sleeping Giants Brasil é uma luta coletiva de consumidores brasileiros contra o financiamento do discurso de ódio e das fake news. O movimento que existe há apenas 5 meses, já conta com o apoio de 567 mil brasileiros que conseguiram a resposta de 608 empresas.


ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS:


Twitter
Instagram
Facebook

E-mail para contato: bloqueiapagseguro@protonmail.com